RITUAL E HISTÓRIA DO DIA DAS BRUXAS



BY DRICCA RHIEL 


O HALLOWEEN OU O DIA DAS BRUXAS

A comemoração do dia das Bruxas é um costume bem antigo. Uma das vertentes aponta para o ‘Souling’ (soul = alma em inglês), uma festividade de tradição cristã. As famílias que perderam seus entes queridos preparavam pequenos bolos decorados com cruzes a serem ofertados em troca de orações para as almas daqueles que partiram. Acreditava-se que essas orações ajudariam a encaminhar as almas à luz. O famoso ‘trick or treat’ (doces ou travessuras), tão esperado pelas crianças, teve sua origem nesse ritual. 
A outra vertente é bem mais remota e está relacionada aos costumes da terra e ao paganismo. No hemisfério norte, nesta época do ano, iniciava o inverno e, portanto havia forte necessidade de estocar alimento para garantir a sobrevivência de todos. Essa passagem, chamada de ‘Samhain’, marca a terceira colheita (colheita do sangue), em que animais eram abatidos, armazenados no gelo e consumidos ao longo dos três meses de inverno rigoroso. Segundo a tradição, durante o período de festividade que se estende por uma semana, o mundo dos vivos e o mundo dos mortos se entrelaçam, trazendo tanto os espíritos bons quanto os maus. Então, como se defender dos espíritos maus? A solução para afugentá-los era usar as peles dos animais abatidos como vestimentas e pintar o rosto com desenhos assustadores ao sair de casa. As fantasias usadas hoje são inspiradas nesse ritual milenar pagão. É por esse motivo também que as abóboras enfeitam as janelas e portas das casas no Halloween. Elas funcionam como carrancas ou caveiras a fim de proteger o lar espantando os maus espíritos.
 Essa data especial também marca o ano novo celta. Com o domínio do cristianismo os rituais pagãos foram proibidos. Entretanto, por volta do ano 800 d.C., o Papa Gregório VIII estabeleceu que o dia primeiro de novembro, conhecido como o ‘Dia dos Mártires’, fosse substituído pelo ‘Dia de Todos os Santos’ (anteriormente era celebrado em maio) Dessa forma, os povos pagãos poderiam comemorar pelo menos uma de suas datas importantes. O Halloween (do inglês All Hallows’ Eve) quer dizer a véspera do Dia de Todos os Santos, assim como comemoramos a véspera do ano novo cristão no dia 31 de dezembro.
Portanto, o Halloween de hoje é uma festa que mistura diferentes crenças, mas que agrada a todos por suas fortes e belas raízes. No Brasil, em vez de doces, levamos flores aos nossos antepassados no cemitério. Cada povo pode ter seus costumes peculiares; todavia, o importante sempre será a tradição e a intenção por trás das fantasias e docinhos: reverenciar nossos antepassados e espantar toda a negatividade, pelo menos até o próximo ano!

RITUAL PARA SEU HALLOWEEN

Analise tudo que você passou neste ciclo de outubro do ano passado até este momento e faça uma reflexão. Agora, escreva uma lista de tudo que não quer mais em sua vida em um papel, dobre-o sete vezes e depois, queime-o na chama de uma vela branca. Então, pense no que você quer de mais importante para o ano novo que está chegando e quando for meia-noite fale em voz alta seu pedido sete vezes de frente a um espelho, pois ele divide o mundo dos vivos do mundo dos mortos, com sua vela em mãos. Faça este ritual sozinho e não conte seu pedido a ninguém. Boa sorte e feliz Halloween!

Beijos abençoados
Dricca Rhiel

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas